Luiz Correia

Luiz Correia

arvore-penteada

Arvore Penteada

Praia de Atalaia

Luís Correia é um município do nordeste brasileiro, situado ao norte do estado do Piauí. É um dos quatro municípios litorâneos do Piauí, e também um dos mais visitados por turistas e banhistas ao longo de todo o ano. Em períodos festivos a cidade chega a receber um número de visitantes cinco vezes maior que o total de sua população. Isso acontece principalmente no réveillon e carnaval, festas de destaque regional. No estado do Piauí, Luís Correia é o município com maior extensão de litoral, cerca de 46 km, mais da metade da área litorânea de todo o estado.

 

História

Luís Correia originalmente chamava-se Vila da Amarração, território piauiense que começou a ser povoado por volta de 1820.
Biblioteca Municipal de Luis Correa.
A cidade chegou a estar sob a jurisdição do estado de Ceará, mas no ano de 1880, voltou a pertencer ao estado do Piauí, após o governo deste reivindicar de volta seu território, e oferecer, em troca, dois importantes municípios piauienses, Independência e Príncipe Imperial, que hoje correspondem à região de Crateús e Independência, que mais adiante também emanciparia Novo Oriente, ambas no Ceará.
No estado, o município foi o primeiro alforriar seus escravos, por iniciativa de Joaquim Rodrigues da Costa (Comendador das Rosas), que em 1886, liberou os 14 negros de sua propriedade. A importância social e histórica de sua ação hoje é simbolizada na figura de uma corrente quebrada no Brasão do município.
Em 1935, o município passou a ser chamado de Luís Correia, em homenagem ao ilustre habitante Luís de Morais Correia, que foi escritor, jornalista, promotor público nas cidades de Teresina e Parnaíba, secretário da fazenda do estado do Ceará, secretário de polícia, procurador do estado do Piauí e Juiz Federal.

Cultura

O município possui a Biblioteca Pública e é terra natal de escritores, entre os quais, o historiador Adrião Neto, autor da proposta de inclusão da data da Batalha do Jenipapo na bandeira do Piauí.

 

Praias de Luiz Correia

Basicamente existem dois perfis de turistas, aqueles mais animados que gostam de mil e um atrativos, praias badaladas com ampla opção de vida noturna e aqueles mais reservados.

Esses últimos tendem a preferir praias desertas e cidades menores, onde possam ter um momento de tranquilidade em meio à natureza. Para esses turistas, as praias mais indicadas são as de Luís Correia no Piauí, como a Macapá, Carnaubinhas, Maramar, Arrombado, Itaqui, Coqueiro e Atalaia que abrigam lindas dunas.

 

PRAIA MACAPÁ
Conhecida pelas águas calmas, esta praia fica situado na foz do Rio Macapá, por isso seu nome.
A 200 metros dali, é possível encontrar um gigante banco de areia. Para chegar lá é preciso se preparar para uma leve caminhada ou fazer o percurso de barco em maré baixa.

PRAIA MARAMAR
A praia se destaca pelas barraquinhas que ficam tomadas em finais de semana e feriados prolongados. Os quiosques tem decoração rústica, cobertos com palha de carnaúba.

PRAIA CARNAUBINHAS

Mais distante das outras, esta praia tem difícil acesso e pouca sinalização. Porém, com a orientação de um guia é possível contemplar as belezas desta praia. Em seu entorno se encontram carnaúbas cobertas pelas dunas. É indicado se deslocar com veículo com tração nas quatro rodas para evitar atolamento.

PRAIA DO ARROMBADO
As barracas situadas envolta da praia são tão divertidas quanto as dunas da praia do Arrombado que, em alguns trechos podem ser de areia movediça.

PRAIA ITAQUI
Esta praia é a preferida dos solitários, envolta por dunas é a mais deserta de todas com águas mornas.

PRAIA DO COQUEIRO
Esta praia é referência para os kitesurfistas. A praia é tão conhecida pela prática desse esporte que é sede de vários campeonatos nacionais e mundiais. Um trecho tranquilo é reservado para os turistas que ao invés das ondas, preferem áreas de piscinas naturais formadas pelos recifes. No Verão, o Sesc organiza um festival com campeonatos que atrai muitos turistas.

PRAIA ATALAIA
Esta praia é a mais badalada, isso se justifica por ser a praia mais bem localizada. Estando ao centro, Atalaia é uma praia agitada pelos bares do seu entorno.

Luís Correia é um município do nordeste brasileiro, situado ao norte do estado do Piauí. É um dos quatro municípios litorâneos do Piauí, e também um dos mais visitados por turistas e banhistas ao longo de todo o ano.

 

População estimada [2020]
30.438 pessoas  
 
 População no último censo [2010]
28.406 pessoas  
 
 Densidade demográfica [2010]
26,52 hab/km²  

Em 2018, o salário médio mensal era de 1.6 salários mínimos. A proporção de pessoas ocupadas em relação à população total era de 9.4%. Na comparação com os outros municípios do estado, ocupava as posições 161 de 224 e 29 de 224, respectivamente. Já na comparação com cidades do país todo, ficava na posição 4427 de 5570 e 3653 de 5570, respectivamente. Considerando domicílios com rendimentos mensais de até meio salário mínimo por pessoa, tinha 55.4% da população nessas condições, o que o colocava na posição 101 de 224 dentre as cidades do estado e na posição 414 de 5570 dentre as cidades do Brasil.

Salário médio mensal dos trabalhadores formais [2018]
1,6 salários mínimos  
 
 Pessoal ocupado [2018]
2.831 pessoas  
 
 População ocupada [2018]
9,4 %  
 
 Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo [2010]
55,4 %  
Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade [2010]
95,4 %  
 
 IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental (Rede pública) [2017]
4,1  
 
 IDEB – Anos finais do ensino fundamental (Rede pública) [2017]
3,6  
 
 Matrículas no ensino fundamental [2018]
4.885 matrículas  
 
 Matrículas no ensino médio [2018]
1.039 matrículas  
 
 Docentes no ensino fundamental [2018]
250 docentes  
 
 Docentes no ensino médio [2018]
79 docentes  
 
 Número de estabelecimentos de ensino fundamental [2018]
53 escolas  
 
 Número de estabelecimentos de ensino médio [2018]
escolas  
PIB per capita [2018]
10.137,26 R$  
 
 Percentual das receitas oriundas de fontes externas [2015]
89,8 %  
 
 Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) [2010]
0,541  
 
 Total de receitas realizadas [2017]
65.225,26 R$ (×1000)  
 
 Total de despesas empenhadas [2017]
62.511,13 R$ (×1000)  

A taxa de mortalidade infantil média na cidade é de 11.79 para 1.000 nascidos vivos. As internações devido a diarreias são de 1.8 para cada 1.000 habitantes. Comparado com todos os municípios do estado, fica nas posições 122 de 224 e 142 de 224, respectivamente. Quando comparado a cidades do Brasil todo, essas posições são de 2646 de 5570 e 1659 de 5570, respectivamente.

 

Mortalidade Infantil [2019]
11,79 óbitos por mil nascidos vivos  
 
 Internações por diarreia [2016]
1,8 internações por mil habitantes  
 
 Estabelecimentos de Saúde SUS [2009]
18 estabelecimentos  

 

Apresenta 16.6% de domicílios com esgotamento sanitário adequado, 24.1% de domicílios urbanos em vias públicas com arborização e 0% de domicílios urbanos em vias públicas com urbanização adequada (presença de bueiro, calçada, pavimentação e meio-fio). Quando comparado com os outros municípios do estado, fica na posição 84 de 224, 207 de 224 e 84 de 224, respectivamente. Já quando comparado a outras cidades do Brasil, sua posição é 3874 de 5570, 5006 de 5570 e 4835 de 5570, respectivamente.

 

Área da unidade territorial [2020]
1.074,132 km²  
 
 Esgotamento sanitário adequado [2010]
16,6 %  
 
 Arborização de vias públicas [2010]
24,1 %  
 
 Urbanização de vias públicas [2010]
%  
 
 Bioma [2019]
Caatinga  
 
 Sistema Costeiro-Marinho [2019]
Pertence  
 
 Hierarquia urbana [2018] 
 
Centro Local (5)  
 
 Região de Influência [2018] 
 
Parnaíba – Centro Subregional A (3A)  
 
 Região intermediária [2020]
Parnaíba  
 
 Região imediata [2020]
Parnaíba  
 
 Mesorregião [2020]
Norte Piauiense  
 
 Microrregião [2020]
Litoral Piauiense  

Nenhum registo encontrado

Lamento, mas não foram encontrados registros que correspondam à sua pesquisa. Ajuste seus termos de busca e tente novamente.

O Google Map não foi carregado

Lamento, mas foi possível carregar a API do Google Maps.

wpChatIcon